12/12/2014

13 fatos sobre Íris, a cã

Quem me segue no Instagram, já deve ter visto inúmeras fotos dela - que é uma das criaturas mais fotogênicas que conheço. Quem me segue no Twitter, já deve ter lido sobre muitas de suas capetices. Mas quem apenas lê o blog viu poucas menções a esse quadrúpede absurdamente fofo conhecido, interneticamente, como Íris, a cã. Justamente para reparar esse meu erro terrível, vim dedicar, hoje, um post inteirinho a ela, em formato de lista, que é meu favorito. Espero que vocês gostem também. (Dica: os links são para fotos amor.)

1. Íris, a cã, já é uma senhorinha. Ela tem 10 anos e faz aniversário junto com o blog, no dia 13 de outubro.

2. Na primeira vez em que a vi, ela tinha apenas 3 dias de vida e ainda não havia aberto os olhinhos. Eu a ganhei de um colega de trabalho do meu pai, que notou como eu gostava de suas duas cockers - a mãe e a uma das irmãs da Íris.

3. Ela ama gente e não dá a mínima para outros cachorros (exceto no cio, é claro).

4. Como ela não nos deixa escovar seu pêlo, geralmente, mandamos tosa-la completamente. Carequíris é o bicho mais feio e ao mesmo tempo mais lindo que já vi.

5. Ela também não gosta de ser enxugada depois do banho, então deixamos ela fazer isso sozinha.

6. Coelhíris é obcecada por cenouras e Tic Tacs.

7. Burríris também adora gelo. Ela os enterra no jardim para comer depois e nunca entende porque eles somem.

8. Consegui ensina-la a se sentar, pular e dar a pata, mas ela só obedece quando o prêmio é comida. Íris é uma rebelde gorda e sem causa.

9. Íris até busca a bolinha, mas nunca a devolve pra gente. Ela prefere ficar a ostentando entre os dentes enquanto rosna por aí.

10. Abusadíris, quase sempre, consegue o que quer por motivos de: it's so fluffy I'm gonna die!

11. Assassiníris adora caçar passarinhos e fica especialmente malvada quando está no cio.

12. O uivo de Dramíris quando passa o caminhão do gás é o mais triste do mundo.

13. Companheiríris nunca decepciona seus humanos.