27/05/2014

52 semanas: na minha geladeira, tem que ter

Esse post faz parte do desafio 52 semanas. Para entender melhor do que se trata, clique aqui.

Dia desses, me peguei reparando em 1) como minha geladeira anda cheia e 2) como o conteúdo dela mudou.

Como vocês sabem, sou mais uma dos muitos jovens universitários que dividem suas vidas entre a cidade-dos-pais e a cidade-da-faculdade ou, ainda, entre a casa-confortável-dos-pais e a moradia-meio-improvisada-de-estudante, que pode ser alojamento, república, apartamento dividido com colegas ou, como no meu caso, apartamento onde se mora sozinho. Nos meus tempos de bixete, meu fogão era praticamente um enfeite: eu vivia de comer no bandejão (aka. restaurante universitário) e de descobrir restaurantes, serviços de delivery e congelados. Também tive minha cota de miojo, mas these days are behind me.

Hoje, as coisas mudaram muito. Comecei a me alimentar de maneira mais saudável (uma salva de palmas para minha pessoa, por favor); aprendi a cozinhar alguma coisa (outra salva de palmas, gente); e tive dois traumas bandejônicos: greve dos funcionários no primeiro ano e problemas com a reforma nesse ano. (E, a partir de hoje, greve dos funcionários novamente.) Isso tudo fez com que o conteúdo da minha geladeira aumentasse e ganhasse itens "bizarríssimos" como maçãs e espinafre. 


Aproveitando que o 52 semanas da semana passada foi sobre comida e que os itens da minha geladeira, hoje, passam de 5, tornando esse post possível, o tema dessa semana é:

Na minha geladeira, tem que ter

Água. Porque é fundamental, poxa! Como sei que a água de torneira de São Carlos é potável, costumo encher minhas garrafinhas na torneira mesmo e colocar para gelar. (A propósito, evito comprar água engarrafada mesmo fora de casa.)

Tomate. Para colocar na salada (geralmente com rúcula ♥), no sanduíche ou na brusqueta (sem piada infame, por favor). Prefiro o cereja por causa do sabor, mas também porque dizem que ele leva menor quantidade de agrotóxico na produção.

Creme de ricota. Uso muito nos meus sanduíches ou para acompanhar bolachas salgadas (campanha biscoito é de polvilho). Também gosto de misturar com cenoura ralada, um fiozinho de azeite e um temperinho (orégano, manjericão ou aquela misturinha de alho, cebola e salsa desidratados que já vem pronta em saquinho) e comer com pão.

Filé de frango congelado. Porque frango grelhado com salada é o almoço mais prático e saudável que eu consigo fazer.

Rap 10. É prático, tem mil e uma funções e dá para congelar (importante para quem mora sozinho). (Não é publieditorial, peloamordedeus.)
A geladeira de vocês também anda dando orgulhinho? Não deixem de comentar e, se gostarem do post, dar um curtir ali embaixo e ajudar o bloguinho.

P.S.: Esse mês, não vai rolar update do 14 coisas para ser em 2014 porque ainda estou me decidindo qual o rumo que este projeto vai tomar e a vida anda bem caótica por aqui.