06/03/2012

Meme das 11 Perguntas - Parte 2

Como combinado no post anterior, voltei para responder mais uma parte do Meme das 11 Perguntas. Hoje, eu respondo às onze perguntas da Del. Para ler meus 11 fatos aleatórios, clique aqui.

1. O que faz você se emocionar?

Qualquer coisa pode fazer eu me emocionar, mas não me emociono por qualquer coisa. Eu quero dizer que posso me emocionar com um gesto bonito (pequeno ou grande), um bom filme ou um bom livro, uma música que me toque, qualquer coisa; mas tem que ser algo que me toque de alguma maneira, não me emociono fácil.

2. O que você faz quando não há ninguém olhando?

Entre outras coisas, falo sozinha.

3. O que significa a fé para você?

Acho complicado falar sobre fé porque é um termo que sempre me remete à religião e eu sou ateia. Por outro lado, penso que a fé não precisa ser em algo sobrenatural.

4. Se coubesse somente uma pessoa no seu coração, quem seria?

Pergunta cruel essa, eu não sei escolher.

5. Quais seriam seus três desejos para o Gênio da Lâmpada?

Seriam três desejos práticos, para resolver minha vida no momento: um carro (para ganhar tempo), um apartamento (para livrar meus pais das despesas com aluguel) e algum dinheiro extra.

6. O que faria você quebrar paradigmas?

Não sei dizer. Não porque eu não ache que eu quebraria paradigmas, mas porque acho que eu o faria, sim, por qualquer motivo que me parecesse plausível. Aliás, acho que já o fiz algumas vezes.

7. Na ilha deserta: o que ler e ouvir?

Não consigo escolher um único autor, mas seria ficção, sem dúvidas. Quanto à música, não poderia ser outro senão Chico.

8. Se eu dissesse que você é capaz de voar, basta querer: acreditaria em mim?

Não sem antes me explicar o que você entende por voar e como espera que eu o faça. Sou cética.

9. No fim do arco-íris há um pote de ouro ou somente o fim da beleza das cores?

Apesar de me admirar com a beleza de um arco-íris, vejo-o como realmente é: um fenômeno óptico (em que a luz branca do sol é separada em seu espectro contínuo ao atingir as gotículas d'água). Portanto, o arco-íris não tem fim.

10. Um homem cego está atravessando a avenida movimentada ao mesmo tempo em que o amor da sua vida passa pela calçada: e agora?

Ajudo o homem cego. O amor da minha vida entenderia, não?

11. Qual é a melhor (ou mais bonita) arte do Manifesto?

Música.


Enfim, acho que é isso. As perguntas da Del foram as mais difíceis de responder, talvez porque eu não seja uma pessoa muito interessante e/ou seja muito pragmática. De qualquer forma, essas são as respostas que consegui elaborar. Amanhã, volto com as respostas às perguntas da Larissa. Até lá!
.