16/01/2012

Meme de fim começo de ano

Já vinha planejando responder a esse meme há alguns meses. Como se trata de uma "retrospectiva" do ano, ia fazê-lo em dezembro. Com toda aquela correria odiável de final de ano, acabei me esquecendo. Nessa semana, porém, encontrei-o salvo em uma pasta aleatória do meu pen drive e decidi que não era tarde demais para respondê-lo.

1. Onde você estava quando 2011 começou?
Na casa joaquinense do Lu (que também se divide entre São Joaquim da Barra e São Carlos).

2. O que você fez em 2011 que você nunca tinha feito antes?
A viagem didática para o Pantanal foi cheia de primeiras vezes. Nunca havia ido para o Mato Grosso do Sul, nem mudado de fuso horário, nem saído do país - embora essa primeira vez tenha sido bem broxante, apenas uma tarde perdida na Bolívia. Também nunca havia andado de barco, tirando um passeiozinho de canoa no Ceará que, para mim, não conta. No Pantanal, andamos de chalana duas vezes e foram passeios bem diferentes. Fora isso, acredito que não tenha feito nada de muito emocionante pela primeira vez. A única coisa que me recordo é que nunca ter perdido nenhuma Festa da Soja antes e ter perdido a de 2011 justamente por causa da viagem. O que, por sua vez, me lembra de ter completado um aniversário de namoro pela primeira vez - nunca havia tido um namoro que durasse mais de um ano - que também não pôde ser comemorado na data devido à viagem.

3. Você manteve suas resoluções de fim de ano e fará novas para 2012?
Não fiz resoluções para 2011. Para 2012, porém, fiz "resoluções" à minha maneira: estabeleci algumas metas a serem cumpridas no primeiro semestre do ano. Se funcionar legal, repito para o segundo semestre. Prefiro planejar a curto prazo.

4. Você foi a algum show em 2011?
Não exatamente. Fui a uma apresentação do Almir Sater na Feira do Livro de São Joaquim. Não sou fã, não é meu tipo de música favorito, mas é sempre bom sair da nossa zona de conforto, se livrar dos nossos preconceitos musicais. Sempre gostei dele e depois do show fiquei gostando ainda mais. É um excelente músico.

5. Você procurará um novo emprego em 2012?
A pergunta seria um emprego somente. E não, fazendo curso integral simplesmente não rola de arranjar um emprego agora.

6. Você bebeu muito em 2011?
Não. Bebi pouquíssimo.

7. Você viajou nas férias? Para onde?
Não. A única viagem do ano foi para o Pantanal e não foi a lazer - embora tenha sido muito divertida.

8. Qual foi sua maior conquista em 2011?
Ter um bom aproveitamento no primeiro semestre, que foi o pior de todos na faculdade. Já disse isso dezenas de vezes, mas foi um período muito complicado, tinha aulas de manhã, à tarde e à noite, estudava feito louca, quase não tinha tempo para nada. Acabei morta, mas me saí bem. Reprovei em uma disciplina, mas ainda assim, foi um semestre muitíssimo bem aproveitado, com algumas pequenas conquistas - lê-se: notas muito boas, conquistadas com muito esforço e alguma dificuldade.

9. Se você pudesse voltar no tempo, para qualquer momento de 2011, e mudar alguma coisa, o que seria?
Teria me dedicado mais no segundo semestre. Enquanto me saí muito bem no primeiro, que foi super puxado, relaxei mais do que devia no segundo e tive um aproveitamento pior do que gostaria.

10. Você ficou doente ou ferido?
Mil vezes! Sou super desastrada, me machuco com uma frequência absurda. E fico resfriada com uma facilidade enorme também, embora esteja ficando mais resistente e resfriando menos vezes em 2011.

11. Qual foi a melhor coisa que você comprou?
Minha cama de casal! Na verdade, foi meu pai quem comprou, mas whatever. Eu já tinha a minha em São Joaquim, mas sentia falta de uma cama grande e confortável em São Carlos também, onde passo mais tempo e justamente os dias mais cansativos e estressantes. Depois que minha cama de solteiro felizmente quebrou, sofri alguns dias dormindo no chão, mas fui recompensada com uma cama de casal depois. Fez muita diferença!

12. Quais são as pessoas cujo comportamento mereceu aplausos?
Pouquíssimas pessoas, como ocorre normalmente.

13. E quais são as pessoas cujo comportamento você reprovou?
Também não foram muitas, felizmente. Mas tive minhas decepções.

Não vou citar nomes nem na questão 12, nem na 13. Quem é citado na 13, obviamente, não gosta. E há quem reclame que não foi citado na 12.

14. Onde você investiu a maior parte do seu dinheiro?
No primeiro semestre, gastei pouquíssimo. Investi em pizza para alegrar os dias cansativos e só. A maior parte do meu dinheiro ia mesmo para o supermercado e para as passagens de ônibus. No segundo semestre, porém, decidi cuidar de mim, que me acabei nos primeiros meses do ano. Investi em cosméticos e maquiagem como nunca havia feito antes. Também investi no apartamento, para deixá-lo mais organizado, confortável, prático e parecido comigo.

15. O que te deixou muito, muito, muito feliz?
Rever o primeiro-damo depois da viagem! Senti muita falta dele e revê-lo foi fantástico. Também teve aquela sensação boa de voltar para a casa porque sou meio bicho do mato. No primeiro semestre, tirei algumas notas boas que me renderam momentos bem felizes, daqueles que temos ao ver nosso esforço recompensado. E também passei por uns maus bocados no final do ano que, ao se acertarem, me renderam, no mínimo, um alívio gigantesco.

16. Qual música sempre vai te lembrar de 2011?
A maldita música do Michel Teló, infelizmente.

17. Comparando este momento com o que você viveu exatamente um ano atrás, você está
    mais feliz ou mais triste? Igual, eu imagino.
    mais magra ou mais gorda? Me sinto mais gorda, embora eu esteja com o mesmo peso.
    mais rica ou mais pobre? Considerando que eu tenho exatos R$4,40 na carteira... Hahahahhaa.

18. O que você queria ter feito mais?
Estudado mais no segundo semestre e feito mais exercícios físicos ao longo do ano todo.

19. O que você gostaria de ter feito menos?
Comido!

Notem que estou com uma certa fixação quanto a ter engordado, mesmo que a balança diga o contrário. Ai, ai, maldição. É uma obsessão induzida.

20. Como você passou seu Natal?
Bem, dentro do possível, tentando ser menos Grinch e fazer a simpática. No final das contas, o que mais me agrada no natal é o fim dele, as sobras da farofa e o reestabelecimento da rotina...

21. Você se apaixonou em 2011?
Sim. Aqui cabe aquele clichê de se apaixonar todo dia pela mesma pessoa.

22. Qual foi a maior mudança para você em 2011?
Depois das tantas mudanças em 2010, 2011 foi um ano muito tranquilo, sem grandes mudanças.

23. Quais foram os seus programas de TV favoritos?
Assisto muita televisão. Esse ano, apesar de toda a correria, meu pai deu um upgrade na nossa Sky e decidiu assinar o HD. Daí, passei a gravar muita coisa para assistir nos finais de semana.
De seriados, continuei acompanhando comédias. Como vocês sabem, eu gosto de rir e não tenho muito saco para séries policiais, de drama ou suspense. Minhas favoritas do ano foram The Big Bang Theory e Suburgatory. Também assisti outras mas não me apaixonei. Outra favorita foi Cold Case, que assisti muito nas férias. Infelizmente, a série acabou e a Warner parou de exibir.
Ainda na TV fechada, gostei muito de Viva Voz e Chegadas e Partidas, embora tenha assistido a poucos episódios. Meus favoritos continuam sendo os filmes, assisti todos os que pude, entre antigos e estréias.
Na TV aberta, continuei acompanhando minhas novelas - sim, eu gosto. Minhas favoritas foram O Clone, Cordel Encantado, A Vida da Gente - embora tenha acompanhado bem pouco as duas primeiras. O restante achei bem ruim e só acompanhei pela força do hábito. Quanto aos outros programas, assisti bem pouco. Geralmente ia dormir cedo por causa do cansasso e não pego muitos canais em São Carlos (só a Globo, a Cultura e o SBT). Devo dizer que os favoritos foram Tapas e Beijos, Bem Estar, Um Milhão na Mesa e Agora é Tarde. Bem variado mesmo que eu herdei o gosto por TV do meu pai e assisto de tudo!

24. Você odeia alguém agora que você não odiava há um ano?
Sim, mas eu não usaria a palavra ódio que é muito forte. Eu usaria desprezo.

25. Qual foi o melhor livro que você leu?
Li bem pouco em 2011, mas gostei muito de O Perfume, a História de um Assassino.

26. Qual foi a melhor descoberta musical?
Descobri Cold Play bem atrasada. Já havia ouvido algumas músicas, mas comecei a gostar mesmo depois de assistir ao show deles do Rock in Rio.

27. O que você queria e conseguiu?
Voltar a me dedicar ao blog era um desejo antigo que consegui realizar no segundo semestre. Também consegui "sobreviver" ao pior semestre da história e ter um bom aproveitamento. Consegui me tornar uma pessoa mais organizada, embora entenda que esse é um processo gradual e constante. Consegui assistir ao último filme do Harry Potter com a Tety, que foi quem compartilhou a paixão pelos livros e filmes comigo. Consegui resistir à tentação de pintar o cabelo pela primeira vez em muitos anos. E, certamente, houve outras pequenas conquistas das quais não me lembro agora.

28. O que você queria e não conseguiu?
Manter o ritmo de estudos do primeiro semestre, fazer exercícios como frequência e comer bem. Ficam como metas para 2012.

29. Qual foi o seu filme favorito em 2011?
Harry Potter e as Relíquias da Morte Parte 2. Não adianta, é esse! Posso até ter assistido filmes melhores, mas esse tem toda uma história, foi o fechamento de toda uma fase, o fim oficial da saga que marcou minha adolescência.

30. O que você fez no seu aniversário (e quantos anos você tem)?
Reuni parte da família, a cúpula do mal, o primeiro damo e os meus pais em uma festinha com o combo infantil salgadinhos-bolo-docinhos. Foi ótimo!
Fiz 21 anos.

31. Que coisa teria tornado seu ano imensuravelmente melhor?
Mais tempo livre, mais dias meus!

32. Como você descreveria seu conceito pessoal de moda e estilo em 2011?
Ah, não sei. Talvez esteja melhorando conforme eu leio e me interesso mais pelo assunto. Pessoalmente, não me visto tão bem quanto gostaria.

33. O que manteve sua sanidade?
Banhos! É, isso mesmo. Sempre que me encontro estressada, angustiada ou incomodada de alguma forma, um banho resolve.

34. Qual celebridade/figura pública que mais te fascinou?
Não sei exatamente porque, mas Helena Boham Carter.

35. Escolha o trecho de uma canção que melhor resume seu ano de 2011.
Não sou boa com essas coisas. Mas vou pensando e se, em algum momento, me surgir alguma idéia, corro aqui e atualizo o post.

36. Do que você sente falta?
Não sei.

37. Quem foi a melhor pessoa que você conheceu em 2011?
Conheci pouca gente em 2011, ao contrário do ano anterior. A maioria das pessoas que conheci foram efêmeras, passaram rápido e hoje já são só lembrança. Acho que nenhuma delas entrou na minha vida para valer.
Agora, isso é na vida real. Na Internet, conheci algumas pessoas muito interessantes, principalmente através do blog. Mesmo correndo o risco dos outros se incomodarem, vou escolher minha favorita. A Duda, do Chá para Dois. Ela é uma pessoa adorável e estou amando ler o seu blog, acompanhá-la nas redes sociais e trocar algumas idéias.

38. Conte uma lição de vida importante que você aprendeu em 2011.
Aprendi muita coisa em 2011, como sempre, mas nada como uma "lição de vida". Tenho uma certa aversão a essa expressão.

39. Quais são os seus planos para 2012?
 Eu sou mais uma pessoa de metas do que de planos, porque gosto que as coisas aconteçam espontaneamente. Minhas metas são básicas, fazer mais exercícios físicos, comer melhor, cuidar melhor de mim, ser uma boa aluna, mimar mais as pessoas que eu amo, aprender coisas novas, curtir mais meu tempo livre, ser mais organizada, ser mais econômica, etc etc... Meu único plano concreto é o de ir ao show do Chico no dia 3/3.